Livre-se das dores no quadril praticando Pilates!

Você sofre com dores no quadril?

Muitas vezes achamos que estamos com alguma dor que significa algo grave, mas não passa de uma dor muscular. No entanto, quando as dores se tornam constantes e intensas é preciso estar atento. As dores no quadril são uma delas, pois nem sempre a dor é sentida diretamente no quadril, sendo possível senti-la no meio da coxa ou na virilha. Da mesma forma, as dores podem de fato estarem relacionadas a problemas na coluna e não necessariamente no quadril.

As que mais se queixam de dores no quadril são as mulheres, elas lideram as estatísticas. A proporção é de 4 mulheres para um homem. Muitas vezes essas dores são causadas pela Bursite Trocantérica, uma dor crônica na lateral do quadril. É possível percebe-la quando sentir dores ao levantar de uma cadeira, caminhar, subir escadas e dirigir. Esta dor crônica é caracterizada por uma inflamação da bursa, uma pequena bolsa, cheia de líquido, encontrada em várias articulações do corpo como ombros e quadril. A bursa tem como função diminuir o atrito entre as estruturas ao redor da articulação durante o movimento.

Algumas causas das dores no quadril

Além dessa dor crônica, fraturas na região são a causa mais comum de dores repentinas no quadril. A medida em que envelhecemos, as fraturas no quadril se tornam mais frequentes, pois estamos sucetíveis a quedas acidentais, afinamento dos ossos e a osteoporose que contribui para a fratura mesmo em atividades rotineiras simples. Outras causas incluem a Artrite, muitas vezes sentida na parte anterior da coxa ou na virilha, infecções, dores lombares, Osteonecrose do quadril, tensão ou torsão e tendinite de esforço repetitivo.

Os sintomas

Quando o quadro é de dor crônica, o principal sintoma é a dor localizada na região lateral do quadril. Inicialmente ela ocorre apenas em corridas e ao subir escadas, em alguns casos também em caminhadas. Com a evolução do quadro, a dor pode aparecer no repouso e com irradiação para a coxa. Alguns se queixam de dor ao cruzar as pernas na posição sentada ou quando deitam sobre o lado afetado. A dor piora de for lenta de acordo com a atividade praticada. Dores comuns ao levantar, caminhar e se deitar também aparecem.

Como a prática do pilates pode ajudar

Como o pilates trabalha, não apenas os músculos, mas também toda a parte respiratória, ele é um ótimo exercício para evitar   as dores no quadril. Com os exercícios respiratórios ocorre estimulação sensorial e conscientização corporal melhorando as posturas viciosas e prevenindo as dores na região.

Os exercícios de fortalecimento da musculatura, restabelecem o equilíbrio das cadeias musculares, fortalecendo a região e evitando dores. Isso ocorre, pois os músculos têm papel fundamental para a postura correta. Os músculos também são muito importantes para a sustentação dos ossos. Já alguns outros exercícios trabalham os músculos estabilizadores de tornozelo e pés muito importantes para a proteção articular do quadril.

Além das melhoras musculares e respiratórias, o pilates também contribui para a consciência corporal, fator importante para a execução dos movimentos comuns do dia a dia. Ela contribui para melhorar a postura e a respiração e, consequentemente, previne o surgimentos de dores como a nos quadris.

Você sofre com as dores no quadril? Agende uma aula teste e perceba como o Pilates pode te ajudar!

 

Agende uma Aula Teste - Comigo!

Autor: Denise Terra

Share This Post On